05 mai - 12:34

Uma é bom, duas é melhor

Em dia de sessão esgotada, não se poderia querer melhor.

Os encontros são cada vez menos, mas os vencedores são cada vez mais imprevisíveis. Sábado é dia de meias-finais no Millennium Estoril Open e, como tantas vezes já se disse nesta semana, pode fazer-se história pela raquete de ninguém mais, ninguém menos que João Sousa.

O melhor jogador de sempre do ténis português vai entrar duas vezes em court, para as meias-finais de pares e de singulares, e continua em busca de uma dobradinha inédita e que poderá levar os fãs do Estádio Millennium à loucura.

A começar, é o vimaranense quem disputa o primeiro encontro de singulares, diante do jovem talento Stefanos Tsitsipas, no primeiro duelo entre ambos. Tsitsipas conseguiu ontem uma reviravolta épica não se enganem pelas horas que ele já passou em court: 'El Greco' está motivado e pronto para qualquer desafio. Mais tarde, Sousa regressa ao Estádio na companhia de Leonardo Mayer para medir forças, uma vez mais, com Kyle Edmund.

O britânico é um dos protagonistas da jovem dupla britânica, na qual também se inclui Cameron Norrie, que eliminou Alex de Minaur e Lleyton Hewitt na ronda anterior. Em dia de sessão esgotada, não se poderia querer melhor.

patrocinadores
;