28 abr - 17:29

Sorteio do quadro principal garante emoção para todos os gostos logo na primeira ronda

Como é tradição, o Slice Lounge acolheu, este sábado, a cerimónia do sorteio do quadro principal de singulares do Millennium Estoril Open 2018. O momento, certamente um dos mais aguardados do fim de semana, contou com um convidado de luxo que na rifa viu sair um jogador da casa.

Falamos de Alex de Minaur, o jovem australiano que recebeu o primeiro wild card para a edição deste ano do único evento ATP a acontecer em Portugal. Australiano de coração, este jovem jogador (tem apenas 19 anos) apresentou-se ao mundo do ténis no mês de janeiro, quando contra todas as expetativas atingiu as meias-finais do torneio de Brisbane e, logo na semana seguinte, e em casa, a final em Sydney.

Agora, vai ter mais uma oportunidade de brilhar -- a primeira em solo português desde que em julho conquistou o Future da Póvoa de Varzim. Mas do outro lado estará outro jogador com muita vontade de se dar bem no Clube de Ténis do Estoril: Gastão Elias, que à última hora teve entrada direta no quadro, é o adversário deste jovem australiano.

De resto, o sorteio manteve o mesmo “registo” em relação à maioria dos portugueses já garantidos na grelha: Pedro Sousa, que recebeu um convite, vai medir forças com o muito experiente e galardoado Gilles Simon, que já esteve entre os melhores tenistas do mundo (foi 6.º em 2009) e este ano conquistou, em Pune, o 13.º título da carreira.

João Sousa, que atualmente ocupa a 67.ª posição no ranking ATP e já atingiu umas meias-finais em terra batida esta temporada (em Marraquexe), vai medir forças com o talentoso russo Daniil Medvedev, o responsável pela derrota de Alex de Minaur no referido torneio de Sydney.

Falta referir a sorte de Frederico Silva, mas essa terá de ficar para mais tarde. Isto porque o caldense, que corridos quatro meses do ano é o português com mais vitórias no circuito profissional (23, que resultaram em três títulos e um vice-campeonato em provas Future), foi sorteado juntamente com um qualifier, isto é, um dos tenistas que venha a ultrapassar a fase de qualificação.

Quem também merece destaque é o grego Stefanos Tsitsipas, que está em Barcelona a viver a semana da carreira (este sábado derrotou Pablo Carreño-Busta rumo à final) e se vai estrear no Estoril frente ao espanhol Pablo Andujar, que vem de 10 vitórias consecutivas que lhe valeram um título Challenger e um ATP 250. O vencedor desse encontro enfrentará, depois, Kevin Anderson (número 8 mundial e primeiro cabeça de série).

Já Carreño-Busta, o espanhol que vem ao Clube de Ténis do Estoril defender o título conquistado há precisamente um ano, aguarda pelo vencedor do duelo entre Nicolas Kicker e um qualifier para conhecer o seu adversário nos oitavos de final, podendo repetir a final de 2017 com Gilles Muller nas meias-finais.

Quartos de final em perspetiva:

[1] Kevin Anderson vs. [6] Robin Haase

[3] Kyle Edmund vs. [8] Daniil Medvedev

[5] Albert Ramos-Vinolas vs. [4] Gilles Muller

[7] Leonardo Mayer vs. [2] Pablo Carreño-Busta

Clique aqui para consultar os quadros do torneio.

patrocinadores
;