01 mai - 13:40

Quando a estreia de sonho é o regresso sonhado

Era um dos pratos principais da jornada desta terça-feira e não desiludiu, com as bancadas do Court Cascais a ficarem totalmente preenchidas para o regresso de um ex-número 1 mundial.

Desde o momento em que o wild card foi anunciado que a estreia era aguardada com grandes expetativas por todos aqueles que dias antes já tinham esgotado a sessão desta terça-feira. E o encontro não desiludiu: Lleyton Hewitt, um veteraníssimo que no currículo conta com uma passagem pelo topo do ranking ATP e dois títulos do Grand Slam, voltou ao circuito a vencer na companhia do jovem compatriota Alex de Minaur.

Os parciais finais foram 6-4 e 6-4 e a dupla derrotada Raven Klaasen e Michael Venus, nada mais, nada menos do que os segundos cabeças de série do quadro de pares desta edição do Millennium Estoril Open.

A estreia de sonho foi, por isso, o regresso sonhado, ou não tivesse de Minaur revelado, no dia anterior, que o encontro desta terça-feira ia ser uma experiência “incrível” que nunca pensara ser possível acontecer. Mas aconteceu, e o número 111 do ranking ATP pôde passar do sonho à realidade e gritar “come on” ao lado de uma das maiores figuras do circuito no início do século.

Esta vitória vale a Lleyton Hewitt e Alex de Minaur o apuramento para os quartos de final do Millennium Estoril Open, eles que já sabem que como próximos adversários terão os britânicos Kyle Edmund e Cameron Norrie.

patrocinadores
;