30 abr - 18:24

Pernas traíram recuperação de João Monteiro

Esteve perto de se concretizar o apuramento de um segundo tenista português para o quadro principal, mas o portuense acabou por não conseguir finalizar a reviravolta.

O palco era o Court Cascais e em jogo estava um lugar na grelha principal do Millennium Estoril Open. O protagonista? João Monteiro, que procurava um feito inédito na carreira para se juntar ao compatriota João Domingues, que horas antes já tinha selado o apuramento.

O portuense participava pela segunda vez na carreira em torneios do ATP World Tour (em 2017 recebeu um wild card, este ano entrou de forma direta) e a separá-lo de novo capítulo histórico tinha Ricardo Ojeda-Lara, um jogador que na maior parte das semanas faz vida em palcos semelhantes: o circuito Future.

Por isso, não era um sonho mas sim uma realidade pensar-se que João Monteiro poderia carimbar a passagem ao quadro principal e a verdade é que isso esteve perto de acontecer. Porque o tenista português soube colocar de parte a pressão e assim reunir os ingredientes necessários para poder vencer o espanhol, número 206 do ranking ATP, mostrando-se por várias vezes superiores nas longas trocas de bolas que caracterizaram o encontro.

Mas as pernas interromperam-no quando já estava perto. Depois de ter agarrado uma vantagem de 2-0 logo a abrir o derradeiro set, alimentando o cenário de reviravolta desejado pela grande maioria dos espetadores que preencheram o Court Cascais, Monteiro foi “traído” pelos membros inferiores, que acusaram o desgaste de uma primeira ronda muito exigente.

E, assim, um 3-2 conseguido a esforço não demorou a transformar-se num 6-3, 2-6 e 6-3 final a favor de Ojeda-Lara, que pouco depois ficou a saber que como primeiro adversário no quadro principal terá Frederico Silva.

O jogador caldense tinha recebido um wild card para a fase de qualificação, mas acabou por vê-lo sofrer um "upgrade" fruto dos bons resultados alcançados no primeiro trimestre do ano.  

De resto, João Domingues vai enfrentar o também qualifier Simone Bolelli e Tim Smyczek, que bateu Fred Gil na última etapa da qualificação, será o adversário de Nicolas Kicker.

patrocinadores
;