03 mai - 22:48

João Domingues lamenta: “Tive demasiadas chances e não aproveitei, estou chateado”

O número três nacional estava visivelmente desiludido no final do confronto frente a Stefanos Tsitsipas.

João Domingues alcançou o melhor resultado da carreira mas nem por isso estava satisfeito. “Tive demasiadas chances e não aproveitei, estou chateado com isso”, aponta o português, que retém como ponto de viragem do encontro o momento em que servia para fechar o primeiro set. “A 5-4, 30-0, falhei uma bola fácil. Ele tem mérito, mas tive o jogo na minha mão, dependia de mim”, analisou.

Apesar disso, o tenista natural de Oliveira de Azeméis fez um balanço positivo da participação no Millennium Estoril Open. “Estou satisfeito com o nível de jogo porque estou a conseguir pôr em prática o que treino. Tenho 70% de coisas positivas, mas ambiciono mais”, analisou, lembrando a linha ténue que separa os “top 200 dos top 100, 50 porque o “nível do circuito Challenger é muito competitivo”.

Uma palavra ainda para quem o apoiou nesta caminhada. “O público é incrível comigo e ouvi muitos comentários que me fizeram rir. Quero ainda agradecer à organização pelo wild card, sem eles não estaria aqui. Jogar em casa é sem dúvida especial”.

Sensivelmente duas horas depois foi a vez de Stefanos Tsitsipas falar aos jornalistas. O primeiro pré-designado considerou a partida “muito difícil” mas não ficou surpreendido. “Estava à espera de dificuldades. Sabia que ele ia complicar-me a vida em court. Não comecei muito bem o jogo, fui quebrado demasiado cedo, mas a minha maior experiência contra jogadores de topo acabou por fazer a diferença”, realçou o décimo melhor tenista do ranking.

Este foi o terceiro duelo entre os dois contendores e Tsitsipas encontrou evolução no jogo de João Domingues. “Acho que ele melhorou muito desde aí. Está rápido, responde bem, tem um bom serviço que sabe como colocá-lo mesmo não sendo o melhor do circuito É um jogador diferente. Se continuar a trabalhar assim, com esta mentalidade, pode melhorar e poderemos ver bons resultados dele no futuro”.

Stefanos Tsitsipas encara David Goffin na primeira meia-final deste sábado, nunca antes das 15 horas.

patrocinadores
;