03 mai - 20:52

Davidovich Fokina tomou-lhe o gosto e não pára de ganhar

O jovem espanhol passou com distinção pelo terceiro pré-designado Gael Monfils e segue para as meias-finais do Millennium Estoril Open.

Depois da primeira vitória num ATP e dos primeiros quartos de final, agora as primeiras meias-finais. Alejandro Davidovich Fokina faz história a cada encontro no Clube de Ténis do Estoril e nem o facto de estar Gael Monfils no outro lado da rede o intimidou.

Muito provavelmente assistiu-se ao confronto mais cintilante desta edição do torneio português até ao momento. Muitos winners, variedade e dois jogadores a adorar o duelo e todo o ambiente que o rodeava, numa sessão noturna ‘à pinha’ com o público rendido e a delirar com o que ia vendo.

No primeiro parcial, vencido pelo mais experiente no tie-break, assistiu-se a duas quebras de serviço para cada lado -- com Monfils a desperdiçar uma das vantagens quando servia para a conclusão. A troca de breaks continuou no início do seguinte, até que Fokina, depois de se adiantar ao 11º jogo no ‘saque’ do oponente, levou tudo para o set decisivo e aí não se fez de rogado: mostrou estar preparado e com a ousadia característica conquistou três jogos no serviço de Monfils e selou o triunfo mais importante da carreira, como a celebração evidenciou.

“Ele bateu muito bem na bola, sem receio e cheio de confiança. Todo o crédito para ele pela vitória”, comentou Monfils no rescaldo -- que durante o embate mostrou estar a desfrutar do momento --, rendido ao talento de Fokina, que irá escalar no ranking (é atualmente o 167º melhor do mundo)

Davidovich Fokina aguarda agora pelo desfecho do embate entre Frances Tiafoe e Pablo Cuevas para saber quem defronta amanhã no encontro mais importante da carreira (uma vez mais). Para já conquistou o público português, que pode ter testemunhado o início de algo histórico nesta sexta-feira.



patrocinadores
;