02 mai - 11:21

Colisão de estrelas

O duelo do dia vai opor o campeão em título João Sousa ao wild card e quarto pré-designado David Goffin, que se estreia no Millennium Estoril Open à quinta edição do maior torneio de ténis em Portugal.

O segundo encontro da programação do Estádio Millennium (composta única e exclusivamente por embates de singulares) será o sexto confronto entre dois jogadores que se conhecem muito bem: o belga arrecadou os quatro primeiros – e pelo caminho venceu o único em terra batida, em Gstaad -- mas o vimaranense venceu claramente (6-0 e 6-1) na última ocasião em que se defrontaram. Sousa impôs-se em três partidas diante de Alexei Popyrin na eliminatória inaugural, na terça-feira, enquanto Goffin esteve isento da primeira ronda pelo facto de ser um dos quatro primeiros cabeças de série.

O confronto luso-belga segue-se a um duelo entre lucky losers. Pablo Cuevas (ultrapassou Salvatore Caruso na terça-feira, ‘vingando’ a derrota precisamente frente ao adversário italiano na última ronda do qualifying, dois dias antes) terá Filippo Baldi do outro lado da rede, depois do transalpino ter sido repescado devido à desistência do compatriota Fabio Fognini.

Na sessão noturna, Malek Jaziri, o tenista mais veterano do quadro principal de singulares, abre as hostilidades perante Leonardo Mayer (que ontem foi eliminado na variante de pares ao lado de João Sousa). A jornada fica concluída quando se anunciar “game, set and match” no confronto entre o norte-americano Frances Tiafoe, finalista de 2018, e o japonês Yoshihito Nishioka, único canhoto da grelha individual.

Muita ação se espera no Clube de Ténis do Estoril, numa jornada que define os restantes tenistas que competirão nos quartos de final desta sexta-feira.

patrocinadores
;