04 mai - 22:28

Campeão escorregou mas não caiu e está de volta às "meias"

Pela quarta vez em quatro anos, Pablo Carreño Busta está nos quartos de final do Millennium Estoril Open. E é a ele que pertence o estatuto de mais cotado entre os que ainda estão em prova.

O que têm os quatro anos de Millennium Estoril Open em comum? A presença constante de Pablo Carreño Busta nas meias-finais. Se em 2015 chegou à penúltima fase do ATP 250 português, nos anos seguintes deu sempre um passo em frente -- primeiro foi finalista, depois campeão.

Este ano, melhor será impossível, mas o tenista espanhol de 26 anos quer fazer igual no Clube de Ténis do Estoril e esta sexta-feira deu mais um passo rumo à defesa do título, ao derrotar Nicolas Jarry por 6-2, 2-6 e 6-1 no último encontro da sessão noturna.

Agora, o segundo cabeça de série (mas mais cotado entre os que ainda estão em prova, porque Kevin Anderson caiu logo no encontro de estreia) vai ter pela frente o norte-americano Frances Tiafoe, que no primeiro duelo da sessão noturna bateu de forma categórica o italiano Simone Bolelli por 7-5 e 6-2.

A outra meia-final, já se sabe, coloca frente a frente Stefanos Tsitsipas e o português João Sousa. Esse será, claro, o duelo do dia e horas depois o vimaranense voltará a lutar pelo acesso a uma final, em pares.

patrocinadores
;