29 abr - 14:33

Artistas do court e do mar

Primeiro de raquete na mão, depois sobre a prancha. Foi um início de domingo que fez desta segunda jornada de Millennium Estoril Open uma grande troca de experiências.

Reunir no mesmo espaço o melhor tenista português, o melhor tenista britânico e o melhor surfista português não é tarefa fácil, ou não tivessem eles calendários sempre tão completos em que todos os segundos contam.

Mas tudo se revelou possível este domingo, quando João Zilhão, João Sousa, Kyle Edmund e Frederico Morais foram recebidos por Pedro Santa Clara, Professor da Nova SBE -- que se prepara para abrir as portas a milhares de alunos em setembro.

De raquete na mão, o diretor do Millennium Estoril Open juntou-se ao número 1 do ténis britânico enquanto o melhor tenista e o melhor surfista portugueses da atualidade partilharam o mesmo lado do court. Assim, de direita em direita Frederico Morais pôde experimentar a arte do ténis antes de apresentar a sua "casa" aos ases das raquetes.

Foi só depois que, e com a ajuda do sol, que iluminou na totalidade o extenso areal da Praia de Carcavelos, os três desportistas partilharam o mar do concelho de Cascais e perseguiram a “crista” da onda -- uma tarefa na qual, temos de revelar, o nosso número 1 se revelou mais à vontade que o britânico.

 

patrocinadores
;