06 mai - 18:17

Uma semana para a história: João Sousa campeão do Millennium Estoril Open

Pela primeira vez na história do ATP World Tour, um tenista português conquistou um torneio “em casa”.

Melhor tenista português de todos os tempos e, a partir de hoje, campeão do Millennium Estoril Open: João Sousa derrotou Frances Tiafoe, por 6-4 e 6-4, e encerrou de forma perfeita uma final que começou e terminou com os mais de 3.000 espetadores presentes no Estádio Millennium a entoarem o hino nacional.

Presente numa final do mais alto nível do circuito internacional masculino pela 10.ª vez na carreira, o atual número 68 do mundo esteve praticamente irrepreensível frente ao jovem norte-americano, que esta semana aparece quatro posições à sua frente na tabela.

Este foi, aliás, o encontro mais assertivo de toda a semana por parte de João Sousa, o herói nacional que nas quatro eliminatórias anteriores tinha derrotado três tenistas com ranking superior ao seu (Daniil Medvedev, Kyle Edmund e Stefanos Tsitsipas) e ainda o compatriota Pedro Sousa, num dos melhores duelos do torneio.

Com uma entrada de rompante, o pupilo de Frederico Marques conquistou o primeiro break da final logo ao terceiro jogo, passando ao jovem norte-americano de apenas 20 anos (que disputou a primeira final em terra batida) uma mensagem clara: estava em campo para vencer. De tal forma que nem quando o tenista natural de Hyattsville respondeu à quebra de serviço Sousa se deixou abalar, reconquistando de imediato nova diferença no marcador para pouco depois garantir a vitória no parcial.

Tendo o objetivo à distância de apenas um parcial, João Sousa esteve praticamente irrepreensível: quebrou ao primeiro jogo, ao terceiro e num piscar de olhos tinha do seu lado uma vantagem de 5-1. Diferença essa mais do que suficiente para que a quebra de serviço que Frances Tiafoe devolveu não chegasse para se testemunhar uma reviravolta.

A vitória de João Sousa no Millennium Estoril Open é histórica por várias razões: o tenista vimaranense de 29 anos tornou-se no primeiro jogador luso de todos os tempos a vencer um torneio do ATP World Tour em solo nacional e, com este resultado, aumenta para três o número de títulos conquistados no circuito profissional (já tinha vencido em Kuala Lumpur 2013 e Valência 2015).

patrocinadores
;