27 mar - 16:54

MILLENNIUM ESTORIL OPEN 2019 APRESENTADO OFICIALMENTE

Primeiro wild card é para número dois nacional Pedro Sousa

A precisamente a um mês do arranque do Millennium Estoril Open, a 3LOVE apresentou a quinta edição do maior evento tenístico português no polo SBE da Universidade Nova em Carcavelos. A apresentação foi transmitida em direto pela TVI24 e contou com a presença de Miguel Pinto Luz (vice-presidente da Câmara Municipal de Cascais), Rui Teixeira (administrador do Millennium bcp), juntamente com João Zilhão (diretor do torneio) e várias individualidades da vida desportiva e empresarial do país.

A escolha do local da apresentação esteve associada a uma atividade Stars Program do ano passado com João Sousa, Kyle Edmund e Frederico Morais precisamente no mesmo local e de o novo polo universitário ser já uma das valências do município de Cascais, parceiro estratégico do Millennium Estoril Open. A única prova portuguesa integrada no calendário oficial do ATP Tour realiza-se este ano entre 27 de Abril e 5 de Maio, tendo novamente como palco o Clube de Ténis do Estoril, e João Zilhão destacou o crescimento sustentado do próprio torneio e os principais destaques da edição deste ano.

Tem sido nossa estratégia apostar em campeões do futuro que sejam já uma garantia do presente – nomeadamente os mais destacados elementos da chamada NextGen do ATP Tour. Têm grande personalidade, são adorados pelos nossos espetadores mais jovens e correspondem sempre com resultados. No ano passado, Stefanos Tsitsipas e Frances Tiafoe atingiram o fim-de-semana decisivo. Este ano, ambos regressam com estatuto reforçado num elenco que considero ser o melhor das cinco edições”, referiu o diretor do Millennium Estoril Open. “Para além disso, temos vários recordes qualitativos, como a presença de dois top 10 pela primeira vez e o cut-off mais baixo de sempre na lista de inscritos, mas a edição deste ano vai ficar sobretudo marcada pela singularidade de o João Sousa defender o título conquistado em 2018 e ainda pela estreia de dois tenistas tão carismáticos quanto espetaculares como Gael Monfils e Fabio Fognini”, explicou João Zilhão. “Trabalhamos sempre para irmos além da qualidade do elenco, fazendo do torneio em si a principal vedeta graças a um excelente ambiente e eventos culturais ou sociais que têm reforçado a sua fama não só em Portugal como lá fora. Este ano, temos a maior internacionalização de sempre com 14 nacionalidades representadas entre os jogadores com entrada direta e um número crescente de visitantes vindos de fora do país. O facto de ser a grande festa do ténis português e um evento com cada vez maior projeção além-fronteiras tem justificado a adesão crescente de mais parceiros de prestígio nacional e internacional, que se juntam ao Millennium bcp e à Câmara Municipal de Cascais enquanto pilares fundamentais do projeto”.

A lista oficial de participantes foi divulgada na passada semana após o fecho das inscrições e é encimada pelo veterano sul-africano Kevin Anderson (7º ATP; esta semana está nos quartos-de-final do Masters 1000 de Miami) e pelo jovem grego Stefanos Tsitsipas (10º), dois tenistas do top 10 que já ganharam títulos este ano. Nos restantes seis elementos que constituem a lista ‘provisória’ dos cabeças-de-série estão o repentista italiano Fabio Fognini (17º), o acrobático francês Gael Monfils (18º), o combativo jovem australiano Alex de Minaur (26º), o americano vice-campeão Frances Tiafoe (34º; também nos quartos-de-final do Masters 1000 de Miami), o tomba-gigantes australiano John Millman (39º) e o possante francês Jérémy Chardy (40º)

O melhor tenista luso de todos os tempos, João Sousa, é o nono da lista e parte para a temporada europeia de terra batida com uma boa prestação no Masters 1000 de Miami, tendo perdido apenas para o cotado Kevin Anderson num equilibrado duelo referente aos dezasseis-avos de final. Há um ano, a presença nos oitavos-de-final em Miami deu o mote para o tão celebrado sucesso no Clube de Ténis do Estoril.

PRIMEIRO CONVITE É PARA PEDRO SOUSA

Aos 19 jogadores com entrada direta por via do ranking aquando do fecho das inscrições junta-se hoje o atual número dois português: Pedro Sousa, um dos grandes animadores da fase inicial da edição de 2018 com uma épica vitória sobre o ex-top 10 francês Gilles Simon (acabou o encontro crivado de cãibras) seguida de uma dramática derrota com o amigo/homónimo João Sousa (ainda dispôs de match-points), em ambos os casos no tie-break do terceiro set. Filho da velha glória do ténis nacional Manuel ‘Manecas’ de Sousa, o lisboeta tornou-se este ano no sexto tenista luso a integrar o top 100 mundial e é considerado um dos mais talentosos jogadores portugueses de todos os tempos.

Pedro Sousa (atual 105º ATP) fica assim com o primeiro dos três convites para o quadro principal que constituem prerrogativa da organização. A grelha de 28 jogadores ficará completa com os restantes dois wild cards por atribuir, mais quatro tenistas oriundos da fase de qualificação e eventualmente dois special exempts – que, a não serem utilizados, implicam a entrada dos jogadores seguintes na ‘lista de espera’ (os chamados ‘alternates’).

JUVENTUDE E AMERICANOS EM FORÇA

A baixa média de idades é uma das notas principais na análise à lista de inscritos, sendo que estarão presentes os atuais três melhores posicionados na classificação paralela NextGen do ATP Tour que contempla somente jogadores até 21 anos – Stefanos Tsitsipas, Alex de Minaur e Frances Tiafoe.

Sob o prisma da juventude, destaca-se a inédita armada americana liderada pelo vice-campeão de 2018, Frances Tiafoe, e que integra também Reilly Opelka (o gigante de 2m11 que ganhou recentemente o Open de Nova Iorque), Taylor Fritz e Mackenzie McDonald, todos com idades entre os 21 e os 23 anos. Nunca antes houve quatro representantes norte-americanos com entrada direta no quadro principal de um evento do ATP Tour em Portugal.

NOVA APLICAÇÃO É TRUNFO

Um upgrade significativo nos serviços do Millennium Estoril Open: para tornar a experiência do visitante no Clube de Ténis do Estoril ainda mais agradável e aproximar os aficionados do torneio, foi desenvolvida uma aplicação para Android e IOS (já disponíveis) com informação atualizada sobre as diversas facetas da competição e várias outras funcionalidades.

A App oficial do Millennium Estoril Open será uma ferramenta indispensável não só pelo conteúdo informativo e sempre úteis notificações em cima da hora, mas também pelas promoções e descontos exclusivos.

NOVAS PARCERIAS DE PRESTÍGIO

A credibilidade de um grande evento desportivo também se mede pela qualidade dos seus parceiros comerciais – e nesse lote registam-se as entradas de empresas internacionais/multinacionais tão conceituadas como a Accenture, a Bang & Olufsen, a SMEG, a ISDIN e a Kapten. A Sacoor Brothers estreia-se a vestir a direção e o staff do torneio, para além de desenvolver uma linha exclusiva de prestígio que será publicitada em montras da marca em Portugal e no estrangeiro, a par da coleção regular de merchandising Millennium Estoril Open by Sacoor Brothers.

A cerveja Heineken, o grupo Pernod Ricard com o champagne G.H. Mumm e o whisky Chivas, o grupo Symington com os vinhos Graham’s e Altano, e água tónica Fever-Tree (title sponsor do famoso torneio do Queen’s Club) também passam a integrar o portfólio do torneio.

NOVIDADES ESTRUTURAIS E CULTURAIS

Estão agendadas iniciativas musicais no recinto do torneio, com concertos marcados após as sessões noturnas no palco da RFM situado na Smash Area – uma noite com a temática We Are The 90’s Kids e uma noite Heineken Convida Jukebox. Qualquer espetador com bilhete de sessão noturna terá acesso às sessões. Paralelamente, haverá também música ao vivo no Slice Lounge após as sessões noturnas.

Entre as novidades no plano desportivo houve a criação de uma Road to Millennium Estoril Open que integrou 14 torneios de pares realizados em clubes do norte ao sul do país e que ficaram concluídos com a oferta aos vencedores de ingressos para a final do torneio.

Quanto às infraestruturas, o Fun Center surge renovado e dinamizado pela Federação Portuguesa de Ténis com jogos e passatempos, clínicas ministradas por técnicos conceituados, um Wilson Demo Court com demonstração dos últimos modelos de raquetas da Wilson e ainda um novo espaço Family Place idealizado e gerido pela empresa Estrelas & Ouriços que também contempla um espaço de babysitting.

APOSTA NA SUSTENTABILIDADE

A sensibilidade ecológica do Millennium Estoril Open sai reforçada este ano com a abolição dos chamados plásticos de ‘single use’ – num alinhamento estratégico do evento relativamente à política de respeito pelo meio ambiente implementada pela Câmara Municipal de Cascais: Cascais quer eventos livres de plásticos.

A própria presença de Kevin Anderson, atualmente o melhor classificado da lista de inscritos, é relevante nesse sentido: o atual membro do conselho diretivo do ATP Tour tem sido o principal instigador de práticas mais ecológicas no circuito profissional masculino, advogando mesmo a abolição de garrafas de plástico.

IMPRESSIONANTES NÚMEROS GLOBAIS DE 2018

Entre os dados alusivos ao impacto gerado pelo torneio, os números alcançados pelo Millennium Estoril Open são elucidativos. Eis alguns deles relativos à edição de 2018: 759 horas de transmissão televisiva nos cinco continentes (um aumento de 29%) para um gross sponsorship value de cerca de 187 milhões de euros (mais 43%), sendo o valor nacional determinado pela Cision em 37 milhões de euros; a comunicação online incluiu 597.240 páginas visualizadas – entre o site oficial da prova em www.millenniumestorilopen.com e o do ATP World Tour. Só a campanha de promoção foi valorizada em 4 milhões pela Cision, quase mais 1 milhão do que em 2018.

LISTA COMPLETA DE INSCRITOS

Com acesso direto / Ranking / Idade

Kevin Anderson (AFS) / 7.º / 32
Stefanos Tsitsipas (GRE) / 10.º / 20
Fabio Fognini (ITA) / 17.º / 31
Gael Monfils (FRA) / 18.º / 32
Alex de Minaur (AUS) / 26.º / 20
Frances Tiafoe (EUA) / 34.º / 21
John Millman (AUS) / 39.º / 29
Jérémy Chardy (FRA) / 40.º / 32
João Sousa (POR) / 41.º / 29
Mikhail Kukushkin (CAZ) / 43.º / 31
Dusan Lajovic (SER) / 44.º / 28
Cameron Norrie (GBR) / 51.º / 23
Taylor Fritz (EUA) / 56.º / 21
Reilly Opelka (EUA) / 58.º / 21
Malek Jaziri (TUN) / 59.º / 35
Mackenzie McDonald (EUA) / 60.º / 23
Jaume Munar (ESP) / 61.º / 21
Leonardo Mayer (ARG) / 62.º / 31
Yoshihito Nishioka (JAP) / 64.º / 32

Alternates

Hugo Dellien (BOL) / 74.º / 25
Ernests Gulbis (LET) / 78.º / 30
Nicolas Jarry (CHI) / 79.º / 23
Guido Andreozzi (ARG) / 80.º / 27
Bernard Tomic (AUS) / 81.º / 26
Federico Delbonis (ARG) / 83.º / 28
Prajnesh Gunneswaran (IND) / 84.º / 29
Pablo Cuevas (URU) / 85.º / 33

 

NOTA: aos 19 tenistas com entrada directa, juntar-se-ão dois Special Exempt (ou dois alternates, caso não haja jogadores nessa situação), quatro qualifiers e três wild-cards.


O Millennium Estoril Open decorrerá de 27 de Abril a 5 de Maio e os bilhetes estão à venda nos locais habituais. O feriado de 1 de maio, o sábado e o domingo do fim-de-semana decisivo já têm a lotação esgotada!

patrocinadores
;